Início Nota Oficial Sem conciliação, processo de reajuste segue para julgamento

Sem conciliação, processo de reajuste segue para julgamento

10

O Sindicato do Servidor Público Municipal de Taubaté esteve presente na sede do Tribunal de Justiça, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira (11 de julho), para participar da audiência de conciliação referente ao reajuste dos servidores municipais.

Durante a audiência, não houve conciliação por parte da Prefeitura. A administração municipal alegou que a Prefeitura não tem recursos financeiros para a aplicação do reajuste, considerando que houve queda de arrecadação por parte do município. Alegou, ainda, que o IPMT (Instituto de Previdência do Município de Taubaté) está com um déficit considerável, e que a aplicação do reajuste também iria refletir no fundo de previdência do município.

Como não houve acordo na audiência de conciliação, o processo agora segue para o desembargador relator, para que ele possa julgar a ação movida pelo Sindicato em prol dos servidores municipais.

Estiveram na audiência a presidente do Sindicato, Mara Marques; o diretor Luiz Donizete; e o advogado da Federação, dr. Alysson Sena.

A presidente da entidade explica que o Sindicato está lutando com todos os recursos possíveis pela aplicação do reajuste e que não deixará de buscar a garantia dos direitos dos servidores. “Infelizmente, não houve acordo como da outra vez que ingressamos judicialmente. Agora, vamos aguardar – confiantes – a decisão do desembargador.”

Mais informações podem ser obtidas na sede da entidade, localizada na Rua França, 251, Jardim das Nações; pelo telefone 3622-1829 / 3633-1795; whatsapp 7812-4448; ou pelo e-mail sindicato@servidorestaubate.com.br. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Artigo anteriorFust: Cesta básica será entregue entre o dia 10 e o dia 19 de julho
Próximo artigoPrefeitura suspende fundo de garantia dos CLTs; Sindicato recorre à justiça