Início Notícias Reajuste salarial: Sindicato oficia Universidade de Taubaté

Reajuste salarial: Sindicato oficia Universidade de Taubaté

27

O Sindicato do Servidor Público Municipal de Taubaté oficiou a Unitau (Universidade de Taubaté) solicitando informações sobre o reajuste salarial e reposição inflacionária dos servidores municipais no ano de 2022.

O Sindicato informou que 2022 é um ano eleitoral, portanto é preciso antecipar a data base do nosso funcionalismo para que não haja nenhum impedimento na legislação.

A partir de janeiro de 2022, não há impedimento legal que proíba a Unitau de aplicar o reajuste salarial e a recomposição inflacionária.

É de suma importância que a Unitau valorize a categoria, reconhecendo, assim, a importância dos funcionários municipais.

A presidente Mara Marques destaca o quanto os servidores merecem receber um reajuste salarial este ano. Primeiramente, porque já passaram 2 anos sem nenhum tipo de reposição, o que acabou achatando ainda mais os salários e diminuindo o poder de compra das famílias.

2020 e 2021

O reajuste salarial dos anos de 2020 e 2021 estava impedido por meio da Lei Complementar 173/2020, do Governo Federal, que prevê o congelamento de salários dos servidores públicos municipais, estaduais e federais e dos membros dos três Poderes até dezembro de 2021.

A vedação ao crescimento da folha de pagamento inclui a reajuste de salários, reestruturar a carreira, contratar pessoal (exceto para repor vagas abertas) e conceder progressões a funcionários públicos. Isso, inclui, também, pagamento de anuênio, licença prêmio, dentre outros que incluam despesa para o órgão empregador.

Atendimento com agendamento prévio

O Sindicato segue priorizando o atendimento através de nossos canais digitais ou por telefone. Quando o atendimento presencial é indispensável, o agendamento está sendo realizado pelo telefone 3622-1829 e 3633-1795; Whatsapp 99226-6814; ou pelo e-mail sindicato@servidorestaubate.com.br.

Artigo anteriorMercado em Taubaté comercializa 19 itens de alimentação pelo valor do cartão cesta básica
Próximo artigoPrefeitura apresenta projeto para adequar Taubaté à Reforma da Previdência Federal