Início Notícias Previdência e reajustes podem ser os responsáveis pelo déficit financeiro em estados...

Previdência e reajustes podem ser os responsáveis pelo déficit financeiro em estados que atrasam salário de servidores

36

Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro são os dois estados brasileiros que seguem devendo o abono natalino de 2016 para os servidores públicos, além de salários referentes ao ano de 2017.

Segundo os especialistas ouvidos pelo Jornal Extra, uma característica em comum chama atenção nos casos dos dois estados. O déficit previdenciário se tornou o vilão diante do grande número de aposentados e pensionistas. Para o governo fluminense, o déficit estimado para 2017 somente com a Previdência chega a R$ 14 bilhões. No Sul, são R$ 5 bilhões no vermelho.

“É necessária uma revisão da Previdência. Por mais que o Rio Grande do Sul consiga ajustar suas contas em outras áreas, a Previdência poderá anular essas economias”, disse o professor de economia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Darcy Francisco dos Santos.

Outra semelhança foi a concessão de reajustes aos servidores ao longo dos anos, o que pode ter interferido na economia e, consequentemente, no pagamento dos salários dos servidores.

O Rio se destaca negativamente por sequer ter feito uma previsão de como quitar a dívida quanto ao que está pendente de 2016. O Rio Grande do Sul, por sua vez, definiu um parcelamento em 12 vezes do abono natalino. Por mais que esteja atrasado, os servidores estão recebendo. O problema é saber até quando isso vai acontecer.

 

Fonte: Jornal Extra

Artigo anteriorEm caso de falecimento, a filiação sindical permanece para os pensionistas?
Próximo artigoQuais os critérios para promoção dos Guardas Civis Municipais?