Início Notícias Presidente da Câmara dos Deputados defende fim da estabilidade do setor público

Presidente da Câmara dos Deputados defende fim da estabilidade do setor público

7

O presidente da Câmara dos Deputados no exercício da presidência da República, Rodrigo Maia, foi aplaudido pelo público quando defendeu que é necessário atacar todos os privilégios, tanto no setor público quanto no privado e que, no futuro, a estabilidade do setor público deve ser revista.

“Haverá de ser necessária a estabilidade em algumas áreas, mas em outras ela é totalmente desnecessária. No Rio de Janeiro, inclusive, houve casos de órgãos públicos que transformaram vagas de celetistas em estatutários. Temos que ter coragem de enfrentar esses problemas”, disse Maia.

Ele defendeu a privatização de empresas públicas. “Não precisamos privatizar para zerar o deficit público”, mas porque, em sua opinião, “nas mãos do setor privado [as empresas] são mais eficientes”, disse.

“Existem áreas em que será necessária alguma estabilidade, em outras não”. O presidente em exercício citou como argumento para uma possível mudança no status dos servidores a falta de recursos para a Previdência pública não apenas em âmbito federal, mas também nos estados.

O deputado disse que a previsão é votar em outubro a reforma da Previdência. “Aprovada a reforma da Previdência ainda neste ano, o impacto na economia ano que vem vai ser muito forte e vai colaborar com a eleição de 2018”, disse.

Fonte: Exame e Último Instante

Artigo anteriorPlano de saúde: Sindicato garante continuidade do contrato e redução da mensalidade
Próximo artigoEm setembro, cesta básica será distribuída nos dias 11 e 12