Início Blog Atenção: Sindicato alerta servidores sobre golpe

Atenção: Sindicato alerta servidores sobre golpe

18

O Sindicato do Servidor Público Municipal de Taubaté tomou ciência de um golpe que está sendo aplicado em servidores municipais aposentados.

O servidor recebe, via Correio, uma carta com algumas informações sobre um provável processo indenizatório e com a promessa de um suposto dinheiro a receber. Entretanto, para dar início, é necessário que o aposentado faça um depósito, segundo a carta.

Funcionários aposentados que receberam a correspondência entraram em contato com o Sindicato para verificar a informação. A princípio, nosso departamento jurídico identificou que não se tratava de nenhum processo movido pela entidade sindical. Posteriormente, iniciou a verificação sobre a carta, e constatou que se trata de um golpe.

Esta já não é a primeira vez que isso acontece. Em 2017, o mesmo golpe foi aplicado na cidade de Taubaté e chegou aos funcionários aposentados da Prefeitura também.

Aos que são aposentados, o Sindicato orienta ter precaução. Aos que não são, mas têm familiares, amigos, conhecidos, vizinhos, pedimos que repassem a informação aos aposentados, para que não caiam em armadilhas.

O Sindicato orienta que os servidores não devem realizar nenhum tipo de depósito em conta bancária. Além disso, ao receber qualquer tipo de correspondência referente a processos judiciais, devem procurar seus advogados. Para isso, o departamento jurídico do Sindicato se coloca à disposição para fazer todas as consultas necessárias no sentido de averiguar a veracidade da informação e, caso haja procedência, orienta os servidores.

Confira aqui um exemplo do golpe.

Mais informações podem ser obtidas na sede da entidade, localizada na Rua França, 251, Jardim das Nações; pelo telefone 3622-1829 / 3633-1795; whatsapp 7812-4448; ou pelo e-mail sindicato@servidorestaubate.com.br. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Artigo anteriorSindicato apura possível desvio de função na Prefeitura
Próximo artigoApós visita do Sindicato Itinerante, entidade solicita guarda para CAPS II