Início Notícias Atividades não essenciais permanecem em teletrabalho em todo Estado de SP até...

Atividades não essenciais permanecem em teletrabalho em todo Estado de SP até 30 de abril

7

Até o dia 30 de abril de 2021, as atividades não essenciais permanecem em teletrabalho em todo território do Estado de São Paulo. Este foi o comunicado anunciado hoje (16) em transmissão oficial do Governo do Estado.

Este novo momento foi denominado Fase de Transição. A partir do dia 1º de maio, poderá haver mudança por meio de novo comunicado do Governo do Estado.

Até lá, por não se enquadrar em atividade essencial, o Sindicato permanece com os atendimentos presenciais suspensos. Certos de nossa responsabilidade social, o Sindicato informa que irá cumprir todas as determinações das autoridades de saúde, com o intuito de preservar a saúde e a vida de nossos cidadãos.

A expectativa de retorno dos atendimentos presenciais do Sindicato passa a ser na segunda-feira, dia 3 de maio.

Veja como ficam os atendimentos de nossos serviços:

SINDCARD

Dúvidas, orientações, adesões e casos urgentes devem ser tratados pelo e-mail : contato@mfc.net.br ; e whatsapp (11) 94571-1989.

 

PLANO PASSE

O atendimento, dúvidas e orçamentos de exames podem ser realizados pelo whatsapp 99226-6814.

 

ATENDIMENTO JURÍDICO

O atendimento presencial está suspenso e casos urgentes devem ser encaminhados pelo whatsapp 99226-6814 ou pelo e-mail sindicato@servidorestaubate.com.br.

 

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO

Os atendimentos serão realizados online e a critério da psicóloga. Os pacientes devem entrar em contato direto com ela para tirar as dúvidas de como proceder. Caso algum paciente não tenha o telefone do consultório, por favor entrar em contato pelo whatsapp 99226-6814.

 

DEMAIS ATENDIMENTOS

Demais assuntos podem ser tratados pelo whatsapp 99226-6814; ou pelo e-mail sindicato@servidorestaubate.com.br.

Artigo anteriorCom medidas mais restritivas, Taubaté avança para Fase Vermelha
Próximo artigoServidores da Guarda e da Defesa Civil passam a ter duas folgas por mês