Início Notícias Após solicitações do Sindicato, servidores recebem folga entre Natal e Ano Novo

Após solicitações do Sindicato, servidores recebem folga entre Natal e Ano Novo

280

O Sindicato do Servidor Público Municipal de Taubaté oficiou a Prefeitura de Taubaté, por duas vezes, nos meses de outubro e novembro, solicitando emenda nos feriados de Natal e Ano Novo.

Em atenção às nossas solicitações, o prefeito José Saud publicou nesta quinta-feira, dia 9 de dezembro, o Decreto 15.177, de 8 de dezembro de 2021, concedendo folga aos servidores municipais nos dias 24, 27, 28, 29, 30 e 31 de dezembro de 2021.

O Sindicato – certo que os servidores realizaram um excelente trabalho ao longo do ano – avalia que esta emenda é uma forma de valorizar os funcionários municipais, garantindo-lhes o feriado junto à família e uma folga após um ano tão intenso e de grande dedicação.

Não estão incluídos neste decreto: Secretaria de Administração e Finanças (que deverá expedir instruções especiais); Hospital Municipal Universitário de Taubaté; Unidades de Pronto Atendimento de Saúde; Serviço de Verificação de Óbito; Guarda Municipal; Serviço de Cemitério; Serviço Funerário Municipal; Serviço de Limpeza Urbana; Mercado Municipal; Centro de Controle de Migração; e Abrigo Temporário (Casa Transitória) – estes por desenvolverem serviços que não podem sofrer descontinuidade.

Já as Secretarias de Obras, Mobilidade Urbana, Serviços Públicos, Segurança Pública e Departamento de Frota Patrimonial devem manter pessoal de plantão para manter as emergências e/ou serviços normais, de acordo com as necessidades.

Atendimento com agendamento prévio

O Sindicato segue priorizando o atendimento através de nossos canais digitais ou por telefone. Quando o atendimento presencial é indispensável, o agendamento está sendo realizado pelo telefone 3622-1829 e 3633-1795; Whatsapp 99226-6814; ou pelo e-mail sindicato@servidorestaubate.com.br.

Artigo anteriorSindicato protocola ofício solicitando definição sobre reajuste salarial
Próximo artigoApós alteração de referências salariais, Sindicato luta por aumento no teto salarial para concessão da cesta básica e subsídio saúde